MAUS TRATOS AOS ANIMAIS


MAUS TRATOS AOS ANIMAIS-qualquer cidadão pode fazer a denuncia: CRMV- Unidade Regional do Sul de Minas Gerais. Delegado Dr. Marden. 35/ 3221-5673. Horário: 8 ao meio dia, 13 até 17 h. E-mail: crmvmg.suldeminas@crmvmg.gov.br

terça-feira, 4 de setembro de 2012

††† A Noiva da Morte



A Noiva da Morte 





Olhe para mim...
Eu espreito e você vegeta.
Que pressa eu tenho em te ter,
Vim te ver...
Buscar teu ar,
Arrancar teu ultimo suspiro,
Te levar...
Olhe para mim...
Imponente, sou a mais bela das criaturas...
Completa...
Estou te olhando,
Cobiçando tua historia.
Vai ser meu...
Sai da luz,
Eu sou breu.
Olhe para mim...
Te quero mais que todas as paixões.
Me julgam mal,
Nao sou horrendo.
So sou teu guia no portal...
Vem ser meu.
Sou tua sorte,
Teu prometido,
Teu noivo...
Tua morte!






Amigos também fazem amor


As armadilhas da vida,
Às vezes bandida,
Às vezes mãe...
Que nos prega fatos,
Atos impuros,
Amores traídos,
Paixões e libidos,
Corações duros.
As armadilhas do tempo,
Traiçoeiras, insanas,
Sorrateiras, mundanas
E os ombros...
Os amigos.
O tesão
completo,
Sem ser objeto,
Sem ser cama.
Amigo não engana,
Pois ama e ama e ama...
E às vezes faz amor.
 




Autenticidade
Por que tenho que ser macabra para que me compreenda?
não preciso morrer vestida de rendas
para atestar minha virgindade
divina divindade que viveu em putaria
e foi um dia a mais ingenua da filhas
coim a mais autêntica caligrafia
dos falsificadores...

Não quero morrer entre os podres
sou mais que um simples talão de cheques
uma aliança desgastada pelo tempo
pelo tempo, pelo tempo, que o vento levou
como no filme, mas sem romance
só demagogia numa geografia
de país que não cresceu...

Sou normal, rio, choro, erro, imploro, peço perdão...
dou as mãos se preciso, abro um sorriso
corto os pulsos, soco sua cara, fico nua
não obedeço se me pede que saia
fujo se me pede ajuda, fico muda se me fala
e falo horrores de sua mudez...

Me gostas assim? Não? Então desocupa a vez... 





A dois


falência múltipla a dois
fale algo
o som da sala é mortal
dá pra ouvir a campainha lá no morro
um mendigo diz "socorro"
e as asas do mosquito batem forte
até parece vento do norte
bagunçando o meu quintal
fale algo
antes que o morto até acorde
(o que o cão raivoso morde
vira praga)
então antes que a garganta
fique muda e surda e santa
vai, termine esse boquete
de um "oi" pra Elizete
mostre que ainda é vivo
seja amigo, fale
cubra o umbigo, fale
depois cale
nunca mais abra essa boca
pois a vida é muito louca
e só dá brecha uma vez
se chorar que seja noutra freguezia
não na casa que um dia te acolheu...
fale algo
fale merda, fale grosso, roa o osso
depois cale
teu silêncio nada vale
já morreu...

 


A saudade...


Teu corpo é meu
Velho, talvez, novo para mim
Perfeito para o sonho
Pronto para o amor
Pleno, pois mesmo assim
Me faz feliz!
Teu corpo é carmim
Minha boca é contorno
De teu desejo...

Vozes

Risos
Conversas
Na água corrente...
Fecho os olhos
E o passado se faz presente

Seriam espíritos
Ou a vã consciência?
De fato estão ali:
Amontoados, amaldiçoados...
Desenhando uma vivência
Breve, talvez insana

Fechem as torneiras
Desse tom de remorso!
Vozes não dizem nada
A não ser quando estão mortos
E para falar, só os vivos!

E a água jorra
Cada vez mais lúcida!
Voz de mulher, criança...
Um mediúnico explica
Um cético complica
Desesperança!


E assim prossigo
Sem respostas, só ouvindo
E cada choro profano
Lembra dos meus desenganos
E dos anos que vão-se indo
E a água se esvaindo
Pelo cano...



Amo e pronto.

Amo, amo, amo...
Que importa o que eu amo,
Se amar é o que importa.
Amo as cores, amo as pedras,
Amo os amores...
Amo o dia, amo a rua,
Os dissabores...

Amo, amo, amo...
Que importa a intensidade,
Se amar é sempre tão intenso.
Amo com a força do vento,
A beleza da lua,
A longevidade do pensamento...

Amo, amo, amo...
Simplesmente, não te amo,
Eu tento...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência.

EPTV SUL DE MINAS