MAUS TRATOS AOS ANIMAIS


MAUS TRATOS AOS ANIMAIS-qualquer cidadão pode fazer a denuncia: CRMV- Unidade Regional do Sul de Minas Gerais. Delegado Dr. Marden. 35/ 3221-5673. Horário: 8 ao meio dia, 13 até 17 h. E-mail: crmvmg.suldeminas@crmvmg.gov.br

sábado, 2 de fevereiro de 2013

O Estruturalismo e o Funcionalismo



O Estruturalismo e o Funcionalismo e a Origem do Conhecimento a partir das concepções Inatistas e Ambientalistas

      A Psicologia encontrou no Positivismo de Comte o reconhecimento científico. Wilhelm Wundt fundou em 1879 o primeiro laboratório de pesquisas científicas na questão. Ele também foi o fundador do Estruturalismo, onde se determinava que o campo de pesquisas da Psicologia devesse ser os processos sensoriais conscientes.
     Estruturalismo: Cada etapa do pensamento humano seria determinada por uma estrutura correspondente no sistema nervoso central.
      Já o funcionalismo foi um movimento criado por um grupo de cientistas que determinava que todo processo de estudo devesse se concentrar no funcionamento da mente. Era necessário medir o funcionamento mental.
      Funcionalismo: Surgiu das idéias de hereditariedade de Charles Darwin, que acreditava que a inteligência era transmitida de pai para filho.
      A idéia dos dois movimentos acompanha o trabalho dos Psicólogos e Pedagogos até os dias atuais.
      Na concepção inatista o homem nasce com a capacidade de aprendizagem, uma coisa inerente do ser.
      Já na concepção ambientalista o ser adquire a capacidade de aprendizagem no meio que vive, ao longo de sua existência.
      A concepção inatista acompanha o trabalho dos educadores até hoje, porém, muitas vezes, isso atrasa o desenvolvimento do aluno, porque se relaciona as suas limitações como algo inerente a si mesmo.
      Já no ambientalismo o Pedagogo assume importante papel na aprendizagem do aluno, também sustenta que, no ambientalismo, os estímulos ambientais em que a criança vive é que moldam sua formação psíquica.
MPadilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência.

EPTV SUL DE MINAS